Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) As autoridades americanas anunciaram, nesta quinta-feira, a extradição do suposto chefe mexicano das drogas Abraham Inzunza, ou "El Peque", contra quem pesam três acusações, entre elas a de conspirar para distribuir cocaína

(afp_tickers)

As autoridades americanas anunciaram, nesta quinta-feira, a extradição do suposto chefe mexicano das drogas Abraham Inzunza, ou "El Peque", contra quem pesam três acusações, entre elas a de conspirar para distribuir cocaína.

Inzunza, de 39, foi preso no México em 2014 e é acusado de liderar uma quadrilha ligada ao tráfico de cocaína, maconha e metanfetamina em grandes quantidades para os Estados Unidos, segundo a Justiça americana. Ele pode ser condenado à prisão perpétua.

Transferido para Nova York na quarta-feira, ele foi apresentado hoje diante de um juiz federal de Manhattan.

Abraham Inzunza é ligado a Ismael "El Mayo" Zambada, chefe do cartel de Sinaloa.

AFP