Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Rohingyas chegam ao acampamento de refugiados de Balukhali, em Bangladesh, em 2 de outubro de 2017

(afp_tickers)

Mianmar fez propostas para o retorno de centenas de milhares de refugiados rohingyas que fugiram para Bangladesh nas últimas semanas, afirmou nesta segunda-feira o ministro bengalês das Relações Exteriores, após negociações com o governo birmanês.

"As discussões aconteceram em um ambiente amistoso e Mianmar propôs retomar os refugiados rohingyas", disse Mahmood Ali à imprensa.

Mais de meio milhão de pessoas da minoria muçulmana rohingya entraram em Bangladesh desde o fim de agosto, para fugir de uma campanha de repressão do exército birmanês, em resposta aos ataques dos rebeldes rohingyas.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP