Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O grupo americano Microsoft apresentou resultados trimestrais melhores que o esperado

(afp_tickers)

O grupo americano Microsoft apresentou, nesta quinta-feira, resultados trimestrais melhores que o esperado, marcados por um novo avanço de seus serviços digitais na chamada nuvem.

A Microsoft fechou o primeiro trimestre de seu exercício 2017-2018 com lucro líquido de 6,576 bilhões de dólares (+16%), para um volume de negócios de 24,538 bilhões de dólares (+12%). O lucro por ação relatado foi de 0,84 dólar, ou seja, bem acima dos 12 centavos esperados.

Após o anúncio dos resultados, a ação da empresa subiu 1,98%, para 80,32 dólares, após o fechamento de Wall Street.

Se forem levadas em conta apenas as atividades na nuvem, o aumento é de 13,5%, chegando a 6,922 bilhões de dólares. A plataforma Azure, utilizada sobretudo por empresas, teve uma alta de 90%.

A nuvem, uma prioridade para o CEO da Microsoft, Satya Nadella, afirmou o papel da empresa em um sólido segundo lugar mundial, atrás da AWS, subsidiária da Amazon

A Microsoft disse que a rede social LinkedIn, que comprou no final de 2016, contribuiu com 1,1 bilhão de dólares em suas vendas neste trimestre, assim como no anterior. No entanto, a perda operacional do site foi de 294 milhões, inferior à registrada no último trimestre. Já o lucro cresceu 14,8%, para atingir 7,708 bilhões de dólares.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP