Navigation

Militares venezuelanos chamam autoproclamação de Guaidó de golpe de Estado'

Venezuelanos protestam em frente à embaixada daquele país na Guatemala afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 24. janeiro 2019 - 16:11
(AFP)

O ministro da Defesa da Venezuela, o general Vladimir Padrino López, assegurou nesta quinta-feira (24) que a autoproclamação do líder parlamentar opositor Juan Guaidó como presidente interino é um "golpe de Estado" em marcha.

"Alerto o povo da Venezuela que está acontecendo um golpe de Estado contra a institucionalidade, contra a democracia, contra a nossa Constituição, contra o presidente Nicolás Maduro, presidente legítimo", assegurou o ministro, rodeado pela cúpula militar.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.