Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Ahmet Uzumcu

(afp_tickers)

A missão de investigação da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) não se posicionou ainda na localidade síria de Duma para investigar o suposto ataque com gás em 7 de abril, informou o diretor da organização.

"A equipe ainda não se posicionou em Duma", confirmou Ahmet Uzumcu durante uma reunião de emergência dos Estados membros do Conselho Executivo.

Ele acrescentou que Síria e Rússia alegaram problemas de segurança.

Para os Estados Unidos, a Rússia pode ter visitado o local do suposto ataque químico e manipulado as evidências, afirmou nesta segunda-feira o embaixador americano OPAQ.

"Os russos podem ter visitado o local do ataque, e estamos preocupados que eles o tenham adulterado a fim de frustrar os esforços da missão da OPAQ de realizar uma investigação eficaz", afirmou Ken Ward, em uma reunião da organização em sua sede em Haia.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










AFP