Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A missionária americana Nancy Writebol, infectada com o vírus Ebola na África

(afp_tickers)

A missionária americana Nancy Writebol, infectada com o vírus Ebola na África, será repatriada nesta terça-feira, informou nesta segunda a organização de caridade SIM para a qual ela trabalha.

O médico Kent Brantly, o outro americano contaminado com o vírus na Libéria - onde trabalhava com Writebol -, tinha chegado no sábado aos Estados Unidos, no mesmo avião especial que transportará a missionária.

Desde 1º de agosto, 887 pessoas morreram no oeste da África, vítimas deste último surto de Ebola, segundo a Organização Mundial da Saúde.

Desde o seu aparecimento em 1976, o vírus matou dois terços dos infectados.

A doença é relativamente difícil de se contrair e o vírus, por si só, não é muito resistente, uma vez que pode ser combatido com sabão e água quente. Para ser transmitido, o vírus precisa de contato com fluidos corporais, como sangue, vômito, saliva, suor ou excrementos.

Apesar da falta de uma vacina, os tratamentos - hidratação, paracetamol contra a febre e antibióticos para possíveis infecções - podem ajudar a vencer o vírus, cuja taxa de mortalidade varia entre 25% e 90%.

AFP