Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Morgan Stanley vai migrar suas operações na UE de Londres para Frankfurt depois do Brexit

(afp_tickers)

Morgan Stanley escolheu Frankfurt como base temporária para suas operações na União Europeia após o Brexit, disse uma fonte nesta quarta-feira (19).

O banco de investimentos americano vai dobrar sua equipe na cidade alemã, de 200 para 400 funcionários, a fim de se preparar para o deadline do Brexit, em março de 2019.

"É uma solução a curto prazo", disse a fonte, afirmando que os executivos da Morgan Stanley continuam avaliando outras cidades para firmar sua matriz no longo prazo.

O Morgan Stanley atualmente emprega cerca de 5 mil pessoas em Londres, mas vai realocar operadores e funcionários administrativos e de marketing na Alemanha.

O banco também pretende levar um número menor de bancários e operadores para Paris, Dublin, Madri e Milão.

O presidente da França Emmanuel Macron, bem como outros líderes europeus, tem se esforçado para atrair bancos para Paris no pós-Brexit.

Frankfurt já tinha sido escolhida para as sedes europeias do Standard Chartered e do Nomura.

JPMorgan Chase transferiu centenas de funcionários para Dublin, mas não anunciou planos de uma sede permanente para a UE.

AFP