Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Medalha do Prêmio Nobel é vista durante coletiva de imprensa, em Estocolmo, no dia 5 de outubro de 2015

(afp_tickers)

O cientista egípcio Ahmed Zoweil, prêmio Nobel de Química em 1999, morreu nesta terça-feira aos 70 anos nos Estados Unidos, onde dava aulas, anunciou a presidência do Egito.

"O Egito perdeu hoje um de seus filhos leais e um cientista brilhante", disse o presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sissi, em um comunicado.

Zoweil, que também tinha nacionalidade americana, era professor no Instituto de Tecnologia da Califórnia, em Pasadena.

Em 1999, recebeu o Nobel por ter conseguido fotografar, com a ajuda de um laser de femtosegundo, os átomos de uma molécula em movimento durante uma reação química.

O corpo de Zoweil deve ser repatriado ao Egito.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP