Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Morre o ex-presidente colombiano Belisario Betancur

(1997) Belisario Betancur participa de reunião em Madri

(afp_tickers)

O ex-presidente colombiano Belisario Betancur (1982-1986), que enfrentou um dos períodos mais turbulentos do século XX devido ao conflito armado em seu país, morreu nesta sexta-feira (7) aos 95 anos, anunciou o hospital em que estava internado.

"Lamento profundamente a morte de um grande amigo, um grande colombiano, o ex-presidente Belisario Betancur. Seu legado na política, na nossa história, na cultura é um exemplo para todas as gerações futuras", escreveu o presidente Iván Duque no Twitter.

Betancur estava internado em Bogotá devido a um problema renal. O hospital Fundação Santa Fé detalhou em um comunicado que o presidente faleceu às 14h32 locais (18h32 de Brasília).

A vice-presidente, Marta Lucía Ramírez, o havia dado como morto por engano em uma declaração na quinta-feira. A informação foi replicada por vários meios de comunicação e desatou uma série de reações. Minutos depois a foi retificada.

O político conservador, que governou entre 1982 e 1986, enfrentou a tomada do Palácio de Justiça em pleno centro da capital pela ex-guerrilha M-19, o auge do narcotráfico e de movimentos subversivos em todo o país.

Em meio às dificuldades, foi o primeiro presidente a convocar ao diálogo as organizações rebeldes surgidas nos anos 1960 e assegurava que selar "a paz do país" era esse "algo" que gostaria de ter feito.

Contudo, foram necessários 30 anos, além da morte de muitas pessoas, antes que as Farc depusessem as armas em 2016 durante o governo do liberal Juan Manuel Santos.

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.