Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(2003) Iyengar (d) faz uma demonstração em Bangalore

(afp_tickers)

BKS Iyengar, o guru da ioga que ajudou a popularizar a antiga prática espiritual indiana em todo o mundo, morreu nesta quarta-feira, aos 95 anos.

Iyengar abriu sua escola de ioga em 1973 na cidade ocidental de Pune, desenvolvendo uma forma única de praticar a disciplina que, segundo ele, todos poderiam seguir.

Ele treinou centenas de professores para difundir esta modalidade da ioga, que utiliza cintos e cordas para ajudar os principiantes a realizar as posturas exigidas.

Iyengar escreveu muitos livros sobre a ioga, uma prática com mais de 2.000 anos na Ásia e que nas últimas décadas ganhou muita popularidade em todo o mundo.

Atraiu muitas celebridades, como o violinista americano Yehudi Menuhin, que conheceu Iyengar durante uma viagem a Mumbai, antes de ficar famoso.

"Com certeza ninguém fez tanto para exportar a ioga ao Ocidente como Iyengar", escreveu em 2002 no jornal New York Times.

Iyengar faleceu nesta quarta-feira no hospital após sofre uma insuficiência renal, segundo a agência Press Trust of India.

AFP