AFP

(2009) O ex-chanceler alemão Helmut Kohl

(afp_tickers)

O ex-chanceler alemão Helmut Kohl, um dos grandes nomes da história contemporânea e pai da reunificação alemã, morreu nesta sexta-feira, aos 87 anos, informou o jornal Bild.

Kohl, o líder alemão que mais anos permaneceu no poder desde o fim da Segunda Guerra Mundial, morreu em sua casa em Ludwigshafen, leste da Renânia-Palatinado, informou o jornal, que mantinha vínculos estreitos com o político conservador.

As primeiras reações à notícia da morte foram do ex-presidente americano George W. Bush, para quem Kohl foi um dos maiores líderes do pós-guerra, e do presidente da comissão europeia, Jean Claude Juncker, que definiu o ex-chanceler alemão como "a própria essência da Europa".

AFP

 AFP