Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Tobe Hooper

(afp_tickers)

O diretor de cinema Tobe Hooper, conhecido pelos filmes de terror "Poltergeist" e "Massacre da Serra Elétrica", morreu no sábado, na Califórnia, aos 74 anos.

A causa da morte do diretor na cidade de Sherman Oaks não foi informada, segundo o jornal especializado na indústria do entretenimento Variety.

Hooper, nascido em Austin, Texas, era professor universitário e produtor de documentários antes de fazer sucesso, em 1974, ao dirigir "O Massacre da Serra Elétrica", um dos filmes de terror mais influentes do gênero.

Rodar o filme custou menos de 300 mil dólares e ele foi banido em vários países por sua extrema violência, mas, mesmo assim, tornou-se uma das produções americanas independentes mais rentáveis nos anos 70, segundo a Variety.

Hooper também dirigiu a sequência do filme, em 1986, que teve uma abordagem mais suave.

Em 1982, Hooper dirigiu outro grande sucesso, "Poltergeist - O fenômeno", filme escrito e produzido por Steven Spielberg. A produção tem um orçamento de 11 milhões de dólares e rendeu 76,6 milhões, de acordo com o Internet Movie Database (IMDb).

Hooper também dirigiu filmes como "Pague para entrar, reze para sair" (1981) e "Invasores de Marte" (1986).

Na TV, dirigiu episódios das séries "Histórias maravilhosas" (1987), "A Hora do Pesadelo - O Terror de Freddie Krugger" (1988) e "Taken" (2002).

Ele deixa dois filhos.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP