Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Pessoas observam uma área atingida pela passagem do furacão Maria em Manati, Porto Rico, no dia 6 de outubro de 2017

(afp_tickers)

O governador de Porto Rico, Ricardo Rosselló, disse nesta quarta-feira (11) que o furacão Maria deixou até o momento 44 mortos depois de destruir a ilha três semanas atrás, em um comunicado onde pediu mais ajuda econômica ao Congresso americano.

Rosselló, que já havia atualizado o número de mortos para 43, informou através de um comunicado que mais uma pessoa morreu, por fratura craniana após cair do telhado.

"Além disso, há quatro mortes por confirmar relacionadas a leptospirose", informou o texto de sua assessoria de imprensa.

Com mais de 5.700 pessoas ainda vivendo em abrigos e a maior parte da ilha sem eletricidade nem água corrente, aumentam os surtos de doenças contagiosas.

O furacão Maria, que chegou a Porto Rico em 20 de setembro com força de categoria 4, deixou este território americano de 3,4 milhões de habitantes totalmente sem energia elétrica, incomunicado e com graves danos ao meio ambiente e sua infraestrutura.

Em seu comunicado, Rosselló anunciou também que pediu ao presidente Donald Trump que solicite 4,9 bilhões adicionais sob o programa Community Disaster Loan.

"Este programa permitirá à ilha ter a liquidez que precisa para atender os gastos operacionais de folha de pagamento e de resposta", escreveu o governador.

Na última quarta-feira, Trump pediu ao Congresso que liberasse um pacote de ajuda de emergência de 29 bilhões de dólares para Porto Rico.

A nova solicitação feita nesta quarta-feira por Rosselló se soma "aos bilhões que esperamos receber por outras ajudas que solicitamos como recursos para alívio imediato em vários programas federais", disse o governador.

Consultados pela AFP, porta-vozes do governo não responderam qual é o total da ajuda federal solicitada, que por enquanto ultrapassa a metade da dívida de Porto Rico, de mais de 73 bilhões de dólares.

O desastre provocado por Maria acontece em um contexto de grave crise fiscal na ilha. Em maio, o governador havia recorrido a um recurso similar à moratória.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP