Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O comissário europeu para Assuntos Econômicos, Pierre Moscovici

(afp_tickers)

O comissário europeu para Assuntos Econômicos, Pierre Moscovici, considerou como um "sinal muito positivo para os mercados" o acordo de princípio do Fundo Monetário Internacional (FMI) de apoio financeiro à Grécia.

"A decisão tomada pelo FMI é uma notícia muito boa. Trata-se de um novo indicador positivo de retorno da confiança dos parceiros internacionais da Grécia, e um sinal muito positivo para os mercados", afirmou Moscovici, em declaração à AFP nesta sexta-feira (21).

"Essa participação do FMI abre caminho para um futuro desembolso - menos importante do que o dos europeus -, mas ainda assim bem-vindo e útil para a economia grega", acrescentou o comissário francês.

Moscovici deve viajar para Atenas na próxima terça, dia 25, quando se reúne com o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, e com o ministro das Finanças, Euclide Tsakalotos.

Ontem, o conselho administrativo do Fundo deu sinal verde "de princípio" para relançar o plano de ajuda à Grécia. A questão do alívio da dívida se mantém, contudo, como um ponto de divergência entre a instituição e os sócios europeus de Atenas.

Essa aprovação do FMI se materializa com um acordo de princípio de 1,6 bilhão de euros acertado em Atenas a título de crédito "de precaução". O montante não será desembolsado pelo Fundo de forma imediata.

AFP