O mundo acompanhou, impotente, o incêndio que danificou boa parte da catedral de Notre-Dame de Paris, símbolo da França, da cultura europeia e da joia do patrimônio mundial, segundo chefes de Estado e de governo. Segue abaixo um resumo das reações registradas:

- Papa Francisco

"Saudando a coragem e o trabalho dos bombeiros que intervieram para conter o incêndio, rezo que a catedral de Notre-Dame possa voltar a ser, graças ao trabalho de reconstrução e a mobilização de todos, esta bela joia no coração da cidade, sinal da fé daqueles que a edificaram, igreja-mãe da sua diocese, patrimônio arquitetônico e espiritual de Paris, da França e da humanidade", escreveu o papa em telegrama.

- Espanha

"O incêndio de Notre-Dame é uma catástrofe para a França, e é para a Espanha e para a Europa, as chamas devastam 850 anos de história, de arquitetura, de pintura, de escultura, será difícil esquecer, a França pode contar conosco para recuperar a grandeza de seu patrimônio", afirmou o chefe do Governo espanhol, Pedro Sánchez.

- Itália

O chefe do Governo italiano, Guiseppe Conte, lamentou "um golpe no coração para os franceses e para todos os europeus" e o ministro do Interior, Matteo Salvini, ofereceu "toda a ajuda" que a Itália pode oferecer. "Os romanos estão com os parisienses", disse a prefeita de Roma, Virginia Raggi.

- Alemanha

"Estas imagens horríveis de Notre-Dame em chamas doem. Notre-Dame é um símbolo da França e da nossa cultura europeia. Nossos pensamentos estão com os amigos franceses", tuitou o porta-voz da chanceler alemã Angela Merkel, Steffen Seibert.

- Estados Unidos

"É tão horrível ver o enorme incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris. Talvez possam usar aviões-tanque para apagá-lo. Deve-se agir rapidamente!", tuitou o presidente americano Donald Trump.

- Obama

O ex-presidente Barack Obama afirmou que é humano lamentar as perdas, "mas também é nossa natureza reconstruir para o amanhã, com tanta força com que se possa".

- Rússia

"Notre-Dame é um símbolo histórico da França, um tesouro inestimável da cultura europeia e mundial e um dos lugares mais importantes do culto cristão", afirmou o presidente Vladimir Putin, que se ofereceu para enviar à França "os melhores especialistas russos com grande experiência na restauração de monumentos".

- China

"A catedral de Notre-Dame de Paris é um grande símbolo da civilização francesa e um tesouro excepcional da Humanidade", afirmou o presidente chino Xi Jinping à agência Xinhua.

- Japão

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, enviou uma mensagem ao presidente francês na qual ele disse estar "profundamente chocado" com o incêndio da catedral "ícone de Paris e venerada por todo o mundo".

- Reino Unido

"Meus pensamentos e minhas preces estão com os fiéis da catedral e toda a França neste momento difícil", declarou a rainha Elizabeth II.

"Este é um tesouro para toda a humanidade e, como tal, testemunhar sua destruição nesta horrível conflagração é uma tragédia em que todos compartilhamos a dor insuportável", afirmou, por sua vez, o príncipe Charles.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, dirigiu seus "pensamentos" ao povo da França e o prefeito de Londres disse que lhe partia "o coração ver Notre-Dame em chamas".

- Portugal, Polônia, Grécia

O presidente português, Marcelo Rebelo de Souza, disse que o incêndio foi "uma tragédia francesa, europeia e global" e que seu colega polonês Andrzej Duda afirmou que foi "uma tragédia para os fiéis, uma catástrofe para a cultura e a arte do mundo".

"É uma catástrofe para a França, mas também para a Europa e a herança mundial", tuitou o primeiro-ministro grego Alexis Tsipras. "Atenas continua com muita dor a queima de Notre-Dame", disse o prefeito da capital grega Georgios Kaminis.

- Canadá

"Nos parte o coração ver Notre-Dame em chamas. Pensamentos para nossos amigos franceses", tuitou o primeiro-ministro Justin Trudeau.

- Brasil

"Em nome dos brasileiros, manifesto profundo pesar pelo terrível incêndio que assola um dos maiores símbolos da cultura e da espiritualidade cristã e ocidental, a catedral de Notre-Dame, em Paris. Neste momento sombrio, as nossas orações estão com o povo francês", tuitou Jair Bolsonaro.

- Equador

"A catedral de Notre-Dame pertence a todos. Devemos ajudar a cuidar da memória e da história do mundo. Estamos perdendo um tesouro, uma página da cultura mundial", afirmou o presidente do Equador, Lenín Moreno.

- Colômbia

O presidente Ivan Duque lamentou em uma mensagem no Twitter "o trágico incêndio... Vemos com tristeza como esse símbolo mundial e da cultura francesa sofre esse dano irreparável, acompanhamos o povo francês, suas autoridades e a Igreja", acrescentou.

- Chile

O presidente Sebastián Piñera considerou o incêndio devastador como "uma verdadeira tragédia". "Muita força e fé para o povo francês (...) Nossos pensamentos e orações estão com você", escreveu ele no Twitter.

- México, Argentina, Peru e Uruguai

O mexicano Andrés Manuel López Obrador, lamentou o incêndio, que descreveu como "infortúnio para a arte, a cultura e a religião".

O Ministério das Relações Exteriores argentino indicou que o governo manifestou "sua profunda consternação com o terrível incêndio" em Notre-Dame, "ícone religioso e cultural da França, da Europa e de toda a cristandade". O ministro do Exterior peruano, Néstor Popolizio, também enviou mensagens de solidariedade, enquanto a chancelaria uruguaia "lamentou o infeliz incêndio".

- Unesco

A Organização das Nações Unidas para a Cultura, a UNESCO, se colocou ao "lado da França para salvaguardar e reabilitar este patrimônio inestimável".

- ONU

O secretário-geral da ONU, António Guterres, disse estar "horrorizado" pela destruição de uma "joia única do patrimônio mundial, que reina em Paris desde o século XIV".

burs-pa/mb/cn

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.