Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O magnata das comunicações Rupert Murdoch pediu ao presidente americano, Donald Trump, a demissão do assessor estratégico da Casa Branca Steve Bannon.

(afp_tickers)

O magnata das comunicações Rupert Murdoch pediu ao presidente americano, Donald Trump, a demissão do assessor estratégico da Casa Branca Steve Bannon, revelou o jornal The New York Times nesta segunda-feira.

O empresário realizou o pedido em um jantar na Casa Branca, antes de Trump partir de férias para Nova Jersey, no dia 4 de agosto, destaca o jornal.

Bannon é apontado por vários setores como um supremacista branco.

O encontro ocorreu dias antes dos distúrbios, no sábado, em Charlottesville (Virgínia), entre militantes de extrema direita e manifestantes contrários ao racismo, durante os quais uma mulher morreu e outras 19 pessoas ficaram feridas.

Trump limitou-se a contar para Murdoch a frustração que sente com Bannon, segundo The New York Times.

A CBS News informou que o cargo de Bannon está em risco, após Trump não condenar imediatamente os supremacistas brancos pelos incidentes em Charlottesville.

Uma fonte não identificada citada pela TV americana avalia que Bannon abandonará o cargo no final de semana.

Bannon, ex-responsável pelo site de notícias ultraconservador Breitbart News, exerce grande influência sobre Trump e sua caótica Casa Branca.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP