Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O cardeal Pietro Parolin, em Minsk, Belarus, no dia 13 de março de 2015

(afp_tickers)

O secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, presidirá uma missa pela paz na Colômbia no dia 26 de setembro, data da assinatura em Cartagena do histórico acordo de paz entre o governo colombiano e as Farc, informou o Vaticano.

"O cardeal secretário de Estado aceitou o convite do governo para presidir a liturgia que precederá a cerimônia com o propósito de orar pela concórdia e a reconciliação do povo desta nobre nação, de tão profundas raízes católicas e tão apreciada pela comunidade internacional, que está buscando construir uma sociedade em paz", afirma um comunicado da Santa Sé.

A cerimônia será celebrada "no mais profundo respeito da autonomia das instituições", completa a nota.

"O cardeal Parolin pedirá a Deus que ilumine a cada um dos colombianos para que, atuando em consciência e com total liberdade, de maneira responsável e informada, participe na tomada de decisões que interessam ao bem comum deste país, tão querido pelo papa Francisco", ressalta o texto, com uma referência indireta ao plebiscito previsto para ratificar o acordo.

O governo da Colômbia e a guerrilha das Farc anunciaram em 24 de agosto um acordo para acabar com um conflito armado que abalou o país durante cinco décadas, com 260.000 mortos, 45.000 desaparecidos e 6,8 milhões de deslocados.

O referendo está programado para 2 de outubro.

De acordo com as pesquisas mais recentes, 55,4% dos colombianos apoiam a aprovação do acordo de paz.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP