O robô Opportunity, que está em Marte desde 2004 e confirmou a existência de água no planeta, será declarado morto pela Nasa nesta quarta-feira, encerrando oficialmente uma das missões mais bem-sucedidas da história da exploração do sistema solar.

O contato foi perdido desde 10 de junho de 2018, quando uma tempestade de poeira envolveu o planeta vermelho, escureceu a atmosfera por vários meses e impediu que o veículo recarregasse suas baterias solares.

Após oito meses e centenas de mensagens enviadas da Terra sem uma resposta, a Nasa anunciou que a última tentativa foi feita na noite de terça-feira.

A comunidade de pesquisadores e engenheiros envolvidos no programa parece estar de luto pela morte do robô.

"Passamos a noite no JPL pelas últimas ordens enviadas ao robô Opportunity em Marte. Foi tranquilo, choramos, nos abraçamos, compartilhamos lembranças e risos", tuitou Tanya Harrison, diretora de pesquisa da Universidade do Estado do Arizona e colaboradora do programa em o Laboratório de Propulsão a Jato, perto de Los Angeles.

"É muito emocionante saber que eu realmente estive lá para ela até o final", escreveu a pesquisadora, referindo-se no feminino ao Opportunity Keri Bean, que teve o "privilégio" de enviar a mensagem final ao robô na tarde de terça-feira.

"Salve a rainha de Marte", tuitou Mike Seibert, ex-diretor e motorista do Opportunity.

O fim da missão será confirmado oficialmente pelo chefe da Nasa e pelos oficiais do programa de exploração marciano, em uma coletiva de imprensa em Pasadena às 19:00 GMT (17H00 horário de Brasília).

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.