Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Nasa) Segundo teste do foguete que será usado no futuro sistema de lançamento da Nasa, no campo de testes da empresa de sistemas de lançamento aeroespaciais Orbital ATK, em Promontory, Utah, no dia 28 de junho de 2016

(afp_tickers)

A Nasa realizou, nesta terça-feira, o segundo e último teste em terra de um foguete que será usado no futuro sistema de lançamento da agência espacial americana, que deverá enviar missões tripuladas para Marte.

Este foguete de 54 metros, colocado horizontalmente sobre o terreno, funcionou durante dois minutos queimando 5,5 toneladas de combustível por segundo, enquanto mais de 500 equipes registraram um grande número de dados para serem analisados nos próximos meses.

O teste, em um campo de ensaios da empresa de sistemas de lançamento aeroespaciais Orbital ATK, no estado de Utah, foi realizado com uma hora de atraso devido a um problema em um dos computadores.

O foguete foi aceso em baixa temperatura para simular um lançamento no inverno, de modo que foi necessário esfriar o motor durante várias semanas.

O primeiro ensaio foi realizado em março de 2015 com temperaturas altas, para simular um lançamento na Flórida.

A Nasa prevê que o seu futuro sistema de lançamento esteja equipado com dois desses foguetes, que são uma versão mais moderna e potente das que foram utilizadas no passado para os transbordadores espaciais.

A agência espacial americana planeja enviar uma missão tripulada para Marte dentro de 10 ou 15 anos.

AFP