Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O rio Naf, que separa Mianmar e Bangladesh, vem sendo usado por milhares de refugiados rohingyas

(afp_tickers)

Um barco que transportava refugiados rohingyas fugindo da violência em Minamar naufragou neste domingo em um rio na fronteira com Bangladesh, deixando dois mortos e vários desaparecidos, segundo autoridades.

A guarda costeira e agentes da guarda fronteiriça afirmaram que cerca de 100 pessoas estavam na embarcação, que naufragou no rio Naf.

"Recuperamos dois corpos, e duas pessoas foram resgatadas com vida", indicou, em um primeiro momento, o comandante da guarda costeira na região, Alauddin Nayan.

Outras 11 pessoas foram resgatadas, incluindo duas crianças, informou Abdul Khalil, responsável pela guarda costeira de Bangladesh, acrescentando que o naufrágio ocorreu por volta das 22h locais.

"Conversamos com vários sobreviventes. Um deles disse que o barco transportava entre 80 e 100 pessoas", assinalou Khalil.

Mais de meio milhão de rohingyas, uma minoria muçulmana apátrida, fugiram de Mianmar para Bangladesh depois que o Exército lançou uma campanha contra os mesmos em resposta a ataques realizados contra postos fronteiriços por rebeldes rohingyas em 25 de agosto.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP