Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker

(afp_tickers)

Negociadores da União Europeia entregaram nesta terça-feira (3), em Brasília, sua oferta ao Mercosul sobre a importação de carne bovina e etanol, dois pontos delicados nas negociações para alcançar um acordo comercial entre ambos os blocos, informou uma fonte próxima ao diálogo.

A fonte não precisou as cotas oferecidas pela UE para cada produto, nem qual foi a reação dos representantes do Mercosul.

A atual rodada de negociações - elas são mensais - vai se estender até sexta-feira em Brasília.

Na semana passada, três fontes indicaram à AFP que a Comissão Europeia, responsável pelas negociações comerciais, tinha proposto aos países do bloco uma cota de 70 mil toneladas de carne bovina e 600 mil toneladas de etal anuais procedentes dos países do bloco.

A proposta sobre quanta carne e quanto etanol a UE está disposta a importar do bloco latino-americano era única peça que faltava para completar a oferta na negociação agrícola da UE, muito dividida sobre esses produtos delicados na Europa.

A expectativa é alcançaram um acordo até o fim deste ano.

Os dois blocos recomeçaram em 2010 suas negociações comerciais iniciadas em 1999 e paralisadas durante anos, após uma troca de ofertas que ambas partes consideraram insuficientes, até 2010.

Em 2016, realizaram um novo intercâmbio de ofertas, mas a Europa adiou sua proposta para carne e etanol, à espera do resultado das eleições na França e na Alemanha, realizadas neste ano.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP