Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Avião na Letônia em 13 de junho de 2016

(afp_tickers)

A polícia bósnia deteve na quarta-feira no aeroporto de Sarajevo um neozelandês que tentava embarcar em um voo para Dubai com 24 baionetas, indicou à AFP uma fonte policial.

Em sua mala, os agentes bósnios também encontraram munições de metralhadora e vário equipamentos militares, segundo a polícia.

A justiça bósnia abriu uma investigação por "tráfico de armas e equipamento militar".

Os Bálcãs são considerados o centro de tráfico de armas na Europa. Este material, que muitas vezes vem de depósitos da era do marechal Tito, foi usado durante as guerras dos anos 1990 na ex-Iugoslávia e é muito apreciado por círculos criminosos ocidentais.

De acordo com uma estimativa da ONU, em 2013, os 3,5 milhões de habitantes da Bósnia tinham 750.000 armas ilegais, apesar das várias operações de recuperação de equipamento militar após o conflito (1992-1995).

AFP