O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, confirmou neste domingo (13) que Israel atacou na sexta-feira "depósitos de armas" iranianos na zona do aeroporto internacional de Damasco.

"Há 36 horas, nossa Força Aérea atacou depósitos iranianos que continham armas iranianas no aeroporto internacional de Damasco", declarou Netanyahu, na reunião semanal del governo.

"A multiplicação de ataques recentes demonstra que estamos mais decididos do que nunca a agir contra o Irã na Síria, como havíamos nos comprometido a fazer", acrescentou.

"Tivemos êxitos impressionantes para bloquear a implantação militar iraniana (...)", comemorou Netanyahu.

Na maioria dos casos, o porta-voz do Exército se recusa a confirmar esses ataques.

Na sexta-feira à noite, a defesa antiaérea do Exército sírio atacou "mísseis" disparados pela Força Aérea israelense, indicou a agência oficial de notícias síria Sana, citando uma fonte militar.

A mesma fonte informou à Sana que foi atingido um "depósito" dentro do aeroporto de Damasco.

Nos últimos meses, Israel bombardeou várias vezes instalações militares do governo de Bashar al-Assad, ou de seus aliados, Irã e o movimento libanês Hezbollah, inimigos do Estado hebreu.

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.