Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

As acusações de abusos sexuais envolvendo jovens se multiplicaram nos últimos dias contra Spacey, 58 anos e duas vezes ganhador do Oscar

(afp_tickers)

A Netflix anunciou nesta sexta-feira que não permanecerá na produção de "House of Cards" caso o ator Kevin Spacey, acusado de assédio sexual, siga na série.

"Netflix não estará envolvida em qualquer futura produção de 'House of Cards' que inclua Kevin Spacey. Continuaremos trabalhando com a MRC (produtora) durante esta pausa para avaliar nosso caminho comum" em relação à série, disse um porta-voz da empresa à AFP.

A gigante da TV por streaming já anunciou que não lançará, no próximo ano, o filme protagonizado e produzido por Spacey "Gore", sobre a vida do escritor americano Gore Vidal.

As acusações de abusos sexuais envolvendo jovens se multiplicaram nos últimos dias contra Spacey, 58 anos e duas vezes ganhador do Oscar, incluindo uma suposta tentativa de violação de um adolescente de 15 anos há três décadas.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP