Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Uma mulher e criança em meio à nevasca no Brooklyn, Nova York, no dia 14 de março de 2017

(afp_tickers)

Acidentes em série, transportes afetados, escolas fechadas e cortes de energia: a tempestade de neve Stella que atingiu o nordeste dos Estados Unidos chegou nesta quarta-feira à metade leste do Canadá, onde deixou seis mortos.

Presos em meio à tempestade, dois homens foram encontrados mortos nesta quarta-feira dentro de um carro, completamente coberto pela neve na região de Quebec. Um deles havia ligado para a emergência às 23H30 de terça-feira (00H30 de Brasília de quarta-feira), o que motivou uma operação de busca que acabou sendo infrutífera.

Os serviços de segurança foram surpreendidos pela amplitude da nevasca, embora o país esteja acostumado a gerir este tipo de tempestade, reconheceu o governo.

Algumas regiões ao sul de Quebec acumulavam até 70 cm de neve. Em Montreal e Quebec City, chegava a 30 ou 40 cm.

A tempestade, com ventos de entre 100 e 140 km/h, estabeleceu desde terça-feira um corredor entre o sul de Quebec e o norte do estado de Nova York, o que paralisou as atividades até as províncias da costa do Atlântico.

Após vários acidentes em série, duas estradas permaneciam fechadas nesta quarta-feira e mais de 300 veículos continuavam bloqueados há mais de 12 horas nos acessos ao aeroporto de Montreal.

"Houve um problema de comunicação e coordenação na última noite", reconheceu Martin Coiteux, ministro de Segurança Pública de Quebec, em resposta à falta de reação do governo da província.

O Ministério dos Transportes não pôde explicar o motivo pelo qual estes acidentes nas estradas, a apenas 15 km de Montreal, não foram atendidos. Os bombeiros tiveram que ir ao resgate destes motoristas "por iniciativa própria", indicou o prefeito de Montreal, Denis Coderre.

Outras duas pessoas faleceram em acidentes, e um homem de 58 anos morreu após ser atropelado por um caminhão limpa-neve.

Na estrada entre Toronto e Montreal, perto de Kingston, um trecho de 16 km permanecia fechado após um engavetamento em que estiveram envolvidos vários caminhões. Um motorista morreu.

Após o cancelamento de milhares de voos na terça-feira nos Estados Unidos e no Canadá, a situação permanece caótica nos aeroportos.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP