Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Paciente suspeito de ter o vírus chicungunha, em Acapulco, México

(afp_tickers)

A Nicarágua registrou, nesta quinta-feira, a primeira morte pelo vírus chicungunha desde que foram detectados os primeiros casos da doença em julho do ano passado, indicaram fontes oficiais.

Um menino de 22 meses, infectado com chicungunha, foi a primeira vítima fatal do vírus, indicou o porta-voz do governo, Rosario Murillo.

Murillo não deu detalhes sobre de onde o menino era originário, mas mencionou que uma irmã dele está internada em um centro de cuidados porque apresenta "um quadro febril estável".

Entre janeiro e agosto foram registrados 2.704 casos de chicungunha e desde julho de 2014, quando foi detectado o primeiro caso, acumulou 5.399 contágios na Nicarágua.

O governo informou nesta terça-feira que duas pessoas morreram de dengue durante este ano e 403 pessoas foram infectadas com a doença.

As autoridades de saúde fazem uma campanha de fumigação e eliminação de criadouros do mosquito 'Aedes aegipty', transmissor de chicungunha e dengue.

AFP