Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) As forças de segurança da Nigéria anunciam com regularidade que desbaratam planos de ataque importantes do Boko Haram, o que resulta em prisões, mas o anúncio de acusações e julgamentos é mais raro

(afp_tickers)

Autoridades nigerianas informaram neste sábado que desbarataram planos de ataques coordenados do Boko Haram em todo o país durante os festejos muçulmanos do Aid.

A agência de inteligência nigeriana (DSS) indicou ter desbaratado "planos destinados a causar desordem e destruição" no fim de semana passado, festivo na Nigéria.

"O plano consistia em ataques com armas e atentados suicidas contra determinados alvos da capital federal e dos estados de Abuja, Kano, Kaduna, Niger, Bauchi, Yobe e Borno", detalhou o porta-voz da agência, Tony Opuiyo.

O suposto organizador dos ataques, identificado como Husseini Mai-Tangaran, foi preso na cidade de Kano em 31 de agosto, o que levou à prisão de outras pessoas", assinalou.

Mai-Tangaran foi apresentado como comandante da facção Abu Mus'ab al-Barnawi do Boko Haram, apoiada pelo grupo Estado Islâmico.

As forças de segurança da Nigéria anunciam com regularidade que desbaratam planos de ataque importantes do Boko Haram, o que resulta em prisões, mas o anúncio de acusações e julgamentos é mais raro.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP