Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A montadora japonesa Nissan disse que espera lançar até 2020 no Japão, por ocasião dos Jogos Olímpicos de Tóquio, um serviço comercial de táxi-robô, em parceria com a empresa de tecnologia DeNa

(afp_tickers)

A montadora japonesa Nissan disse que espera lançar até 2020 no Japão, por ocasião dos Jogos Olímpicos de Tóquio, um serviço comercial de táxi-robô, em parceria com a empresa de tecnologia DeNa.

Batizado de "Easy Ride", o serviço, que utilizará veículos elétricos autônomos controlados por inteligência artificial, será lançado de "forma limitada até 2020 no Japão, em uma cidade na qual isto faça sentido e em que tenhamos as autorizações necessárias", afirmou à AFP um porta-voz da montadora.

Nissan e DeNa realizarão em março um primeiro teste com o público geral e em condições reais no bairro portuário de Minato Mirai, em Yokohama, onde fica a sede mundial da Nissan.

O teste vai durar 15 dias e incluirá dois veículos autônomos colocados à disposição dos usuários do bairro de forma gratuita. O táxi-robô poderá ser chamado por um aplicativo.

A Nissan pretende medir o nível de aceitação dos moradores à iniciativa.

As grandes montadoras e as gigantes da tecnologia como Google e Apple demonstram grande interesse pelo táxi-robô, algo que poderia revolucionar a indústria do automóvel.

Em 2030, os táxis-robôs poderiam representar 40% do lucro do setor, de acordo com um estudo recente da consultoria Roland Berger, que prevê uma queda de quase 30% na demanda de carros particulares.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP