Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Showroom da Nissan em Yokohama, Japão

(afp_tickers)

A montadora japonesa Nissan reduziu as previsões de lucro anual, depois de um escândalo que revelou as práticas irregulares de certificação dos veículos comercializados no Japão, o que obrigou a empresa a anunciar um recall de mais de 1 milhão de carros.

A Nissan espera agora obter um lucro operacional anual de 645 bilhões de ienes (5,6 bilhões de dólares) para o ano fiscal que termina em março, contra uma projeção anterior de 685 bilhões de ienes.

A previsão da empresa para o lucro líquido permanece estável, a 535 bilhões de ienes. As expectativas de vendas continuam inalteradas a 11,8 trilhões de ienes.

Antes de apresentar as novas projeções, o presidente executivo da Nissan, Hiroto Saikawa, pediu desculpas pelo escândalo.

"Gostaria de pedir desculpas aos consumidores, aos sócios, às concessionárias e a todas as pessoas que apoiam a Nissan", disse.

O escândalo "minou a confiança de todos vocês", disse.

No mês passado, a Nissan foi obrigada a convocar um recall de quase 1,2 milhão de carros no Japão em consequência das práticas irregulares de certificação dos veículos.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP