Navigation

Nova espécie humana é descoberta nas Filipinas

Pesquisadores acreditam ter descoberto uma nova espécie humana, com características morfológicas singulares, que viveu na ilha de Luçon, nas Filipinas, há mais de 50.000 anos, anunciaram nesta quarta-feira na revista 'Nature' afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 10. abril 2019 - 17:43
(AFP)

Pesquisadores acreditam ter descoberto uma nova espécie humana, com características morfológicas singulares, que viveu na ilha de Luçon, nas Filipinas, há mais de 50.000 anos, anunciaram nesta quarta-feira na revista Nature.

A análise de treze restos fósseis (dentes, falanges do pé e da mão, fragmentos de fêmur) encontrados na caverna de Callao, levou os pesquisadores a considerar a possibilidade de se tratar uma nova espécie, que batizaram Homo luzonensis.

A nova espécie apresenta ao mesmo tempo "elementos e características muito primitivas semelhantes aos do Australopithecus e outras, modernas, próximas aos do Homo sapiens", ressalta Florent Detroit, paleoantropólogo do Museu do Homem e principal autor do estudo.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.