Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Mais um spin-off da série cult americana de ficção científica 'Star Trek', 'Star Trek Discovery', aterrissa este mês no Netflix

(afp_tickers)

Mais um spin-off da série cult americana de ficção científica "Star Trek", "Star Trek Discovery", aterrissa este mês no Netflix, assim como um western canadense e uma visita à infância do dr. "Sheldon Cooper". Seguem abaixo algumas das novidades do mundo das séries:

- As origens de 'Star Trek' -

"Star Trek Discovery", que explora as origens da série de ficção científica americana 50 anos após sua criação, chega a partir de 25 de setembro no Netflix.

A transmissão da nova série, que conta com 15 episódios, ocorre em duas etapas. Os oito primeiros episódios serão transmitidos todas as segundas-feiras até 6 de novembro.

Em seguida, será preciso aguardar até janeiro de 2018 para descobrir os episódios seguintes.

Um pouco mais de 50 anos após a primeira transmissão da série original criada por Gene Roddenberry (em 1966), a série transcorrer;a a bordo de outra nave, "Discovery", pilotada por uma equipe completamente diferente daquela formda pelos míticos capitão James T. Kirk, seu oficial de ciências Sr. Spock e o médico de bordo, dr. Leonard McCoy.

A ação ocorre dez anos antes da histórica missão de cinco anos comandada pelo capitão Kirk na série original.

O elenco inclui o britânico Jason Isaacs ("The OA", Lucius Malfoy em Harry Potter), a americana Sonequa Martin-Green ("The Walking Dead") e a malaia Michelle Yeoh ("O Tigre e o Dragão").

- A infância de Sheldon Cooper -

O piloto de "Young Sheldon", série sobre a infância de Sheldon Cooper, o divertido cientista nerd, coadjuvante que virou o protagonista da sitcom de sucesso da rede CBS, "The Big Bang Theory", terá um especial em 25 de setembro. A série vai continuar a partir de 2 de novembro.

- Projeto sobre Joana d'Arc -

O produtor da série "Highlander", Marc du Pontavice (One World Films), se une a Federation Entertainment para desenvolver uma série internacional sobre Joana d’Arc, com oito episódios de 52 minutos cada.

Atualmente em fase de desenvolvimento, a série é escrita pela autora e diretora francesa Alix de Maistre ("Pour un Fils") e o historiador Xavier Kawa-Topor.

A série vai contar o percurso singular da jovem Joana, transgredindo as regras de seu século para atingir seu ideal.

- Fatal-Station, western canadense -

"Fatal-Station", série escrita por Stéphane Bourguignon, revisita "os códigos do western", com Macha Limonchik e Claude Legault. Filmado em Quebec e coproduzida por Arte e Radio Canada, seus dez episódios de 45 minutos serão exibidos a partir de 28 de setembro.

- Polônia atrás do muro -

Agnieszka Holland, diretora de vários episódios das séries "House of Cards", "The Wire" e "The Killing", vai dirigir a primeira série da plataforma Netflix em língua polonesa. Filmada na Polônia, a série de oito episódios vai se passar em 2002 em um mundo onde a Cortina de Ferro não caiu na Polônia.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP