Navigation

Novo coronavírus circulava desde agosto, sugere estudo

(Arquivo) Vista do mercado chinês de Wuhan afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 09. junho 2020 - 21:28
(AFP)

Um aumento das consultas hospitalares e das buscas na internet relacionadas a sintomas da Covid-19 na cidade chinesa de Wuhan sugere que o novo coronavírus começou a circular em agosto passado, segundo pesquisadores das universidades de Boston e Harvard.

A doença foi identificada pela primeira vez em dezembro de 2019, em um mercado de mariscos da cidade chinesa de Wuhan. Mais tarde, especialistas estimaram que um ancestral genético do vírus surgiu antes, em meados de novembro. Um relatório publicado no "South China Morning Post", que cita dados do governo, sugere que um "paciente zero" poderia ser rastreado até 17 de novembro.

O novo estudo, que ainda não foi publicado em uma revista revisada por pares, assinala que "foi detectado um forte aumento do movimento, a partir de agosto de 2019", nos estacionamentos do hospital de Wuhan, "que terminou com um pico em dezembro de 2019".

Uma vez que as consultas pela palavra "tosse" aumentam durante a temporada anual de gripe, também foi pesquisada a palavra "diarreia", um sintoma mais específico da Covid-19. "Em agosto, identificamos um aumento das buscas por "diarreia" não visto nas temporadas de gripe anteriores", assinalou a equipe.

O time, dirigido por Elaine Nsoesie, da Universidade de Boston, analisou 111 imagens de satélite de Wuhan do período entre janeiro de 2018 e abril de 2020, e também pesquisou sintomas no buscador chinês Baidu.

Os autores concluíram que, embora não possam confirmar que os dados documentados estão relacionados ao vírus, os mesmos vão ao encontro das conclusões de outra pesquisa. "Estas descobertas também corroboram a hipótese de o vírus ter surgido de forma natural no sul da China, e de que já circulava antes de ser detectado", indicaram.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.