Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recebeu na Casa Branca Carol, esposa de Neil Armstrong, e seus dois companheiros da missão Apollo 11, Buzz Aldrin e Michael Collins, em 22 de julho de 2014

(afp_tickers)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, elogiou nesta terça-feira a coragem de "Neil, Buzz e Michael", os astronautas americanos que há 45 anos participaram da expedição histórica que levou os primeiros homens à Lua.

Obama recebeu na Casa Branca Carol, esposa de Neil Armstrong - o primeiro a pisar na Lua - e seus dois companheiros da missão Apollo 11, Buzz Aldrin e Michael Collins.

O presidente referiu-se ao evento histórico como um "acontecimento fundamental não só para a história americana, mas para a Humanidade". Ele saudou a coragem dos três astronautas que fizeram os Estados Unidos mais fortes.

"Hoje, homens e mulheres da Nasa se apoiam nesta herança para preparar o próximo passo na exploração espacial humana, com as primeiras expedições para o espaço profundo, até um asteroide e, um dia, a Marte", acrescentou.

Em 20 de julho de 1969, Neil Armstrong e Buzz Aldrin desceram até a superfície lunar onde hastearam a bandeira americana, enquanto o piloto, Michael Collins, permaneceu na nave.

Milhões de pessoas em todo o mundo assistiram às imagens transmitidas pela televisão dos primeiros passos dados por seres humanos na Lua.

AFP