Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente americano, Barack Obama, discursa em Washington, em 9 de agosto de 2014.

(afp_tickers)

O presidente americano, Barack Obama, saudou nesta segunda-feira a nomeação de um novo primeiro-ministro no Iraque no lugar de Nuri al-Maliki e pediu uma transição pacífica para um governo que represente todos os componentes da sociedade.

"Hoje, o Iraque dá um passo à frente promissor", afirmou Obama na ilha de Martha's Vineyard, em Massachusetts (nordeste), onde passa as férias em família. O presidente prometeu apoiar o novo premiê Haidar al-Abadi.

"Essa nova liderança tem a difícil tarefa de recuperar a confiança de seus cidadãos, governando de maneira inclusiva e tomando medidas para mostrar sua determinação", disse.

"A única solução durável é que os iraquianos se unam e formem um governo inclusivo", insistiu Obama, depois das reiteradas críticas de que Al-Maliki favoreceu a maioria xiita no país.

Al-Maliki considerou a nomeação de Abadi, membro de seu partido, uma violação da Constituição iraquiana, realizada com o apoio de Washington.

Obama reforçou seu apoio a Abadi e lhe pediu que "forme um novo gabinete o quanto antes".

"Peço a todos os líderes políticos iraquianos que trabalhem pacificamente para fazer o processo político avançar nos próximos dias", completou Obama.

AFP