Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O secretário-geral da OEA, Luis Almagro, discursa em Tegucigalpa, Honduras, no dia 8 de agosto de 2015

(afp_tickers)

A crise política na Guatemala, que provocou a renúncia do presidente Otto Pérez, foi resolvida sem ruptura institucional e é um "exemplo" para todos, disse nesta quinta-feira o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), o uruguaio Luis Almagro.

Em uma nota, Almagro destaca "o exemplo dado pelo povo e as instituições do Estado da Guatemala por ter solucionado sua recente crise pela via institucional e observando o devido processo".

O diplomata uruguaio também convocou os guatemaltecos a votar nas eleições deste domingo "em paz, com transparência e ativa participação cidadã".

Encurralado pela justiça, Otto Pérez renunciou para submeter-se a um processo por acusações de corrupção, e a presidência foi ocupada pelo juiz aposentado e vice-presidente Alejandro Maldonado.

O secretário-geral da OEA desejou a Maldonado "sucesso no exercício de seu mandato constitucional".

AFP