Pelo menos 45 milhões de pessoas, um número recorde, estão ameaçadas pela fome em países do sul da África, devido à seca, às inundações e às dificuldades econômicas - alertou a ONU nesta quinta-feira (16).

"Esta crise alcança proporções nunca vistas, e nossas observações mostram que vai piorar", adverte a diretora regional do Programa Mundial de Alimentos (PMA) da ONU nesta região, Lola Castro, em um comunicado.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.