Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Juan Manuel Santos, presidente da Colômbia, participa da 72ª Assembleia Geral da ONU em Nova York, no dia 19 de setembro de 2017

(afp_tickers)

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, anunciou nesta terça-feira que a ONU irá verificar o cumprimento do cessar-fogo temporário alcançado com o grupo guerrilheiro ELN, depois de ajuda a concluir um acordo de paz com as Farc.

"As Nações Unidas também verificarão o cumprimento do cessar-fogo e das hostilidades temporário - que começa em 1º de outubro - com o ELN, outro grupo guerrilheiro com o qual negociamos para alcançar uma paz completa", afirmou Santos ante a Assembleia Geral da ONU.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP