AFP

O presidente congolês Joseph Kabila, no dia 19 de janeiro de 2015, em Kinshasa

(afp_tickers)

Onze pessoas foram mortas e mais de 900 prisioneiros escaparam neste domingo no leste da República Democrática do Congo durante o ataque a uma prisão, informaram fontes oficiais.

"A prisão de Kangwayi na cidade de Beni foi atacada por assaltantes, cuja identidade ainda não é conhecida. Durante troca de tiros entre a polícia e os atacantes, os nossos serviços [registraram] 11 mortos, incluindo 8 elementos das forças de segurança", declarou a jornalistas o governador da província de Kivu do Norte, Julien Paluku.

"Por hora, de cerca de 966 prisioneiros, apenas 30 detentos permanecem na prisão."

AFP

 AFP