Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Operação conjunta entre Estados Unidos e Canadá contra o crime organizado deteve 13 suspeitos de pertencer à máfia

(afp_tickers)

Uma operação conjunta entre Estados Unidos e Canadá contra o crime organizado deteve 13 suspeitos de pertencer à máfia, ao final de dois anos de uma investigação que gravou uma cerimonia de iniciação de um membro do grupo, informaram as autoridades nesta quinta-feira.

Agentes canadenses detiveram nove suspeitos nesta quinta, no mesmo dia em que quatro americanos prestarão depoimento sobre acusações de tráfico de drogas e posse de armas em um tribunal do Brooklyn.

Damiano Zummo, 44 anos, Salvatore Russo, 45, Paul Semplice, 54, e Paul Ragusa, 46, são suspeitos de pertencer às famílias Bonanno e Gambino, que controlam o crime organizado em Nova York.

Como parte da investigação, agentes filmaram secretamente em 2015 uma cerimônia de iniciação no Canadá na qual um dos suspeitos apadrinha um informante para que se torne membro da família Bonanno.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP