Navigation

Operação policial deixa oito mortos em favela no Rio

Policiais fazem patrulha em comunidade do complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro, 1º de abril de 2015 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 06. maio 2019 - 17:30
(AFP)

Pelo menos oito pessoas morreram numa ação da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil do Rio de Janeiro nesta segunda-feira (6) no complexo de favelas da Maré (zona norte), segundo fontes oficiais.

"Houve resistência dos delinquentes e oito suspeitos de integrar o tráfico foram baleados e morreram no confronto", ocorrido no Conjunto Esperança, dentro do complexo de favelas Maré, segundo comunicado a Polícia Civil.

O objetivo dos agentes do Core era capturar um traficante que planejava invadir outra favela a cerca de 35 km dali, em São Gonçalo, informou a corporação, que não acrescentou se o líder dos criminosos foi morto, preso ou se conseguiu escapar.

Vídeos divulgados em redes sociais mostram um helicóptero da Polícia Civil sobrevoando a área, enquanto ouvem-se disparos de armas de fogo.

Uma foto mostrava também um grupo de crianças, integrantes da orquestra sinfônica Maré do Amanhã, se protegendo dos disparos no corredor da escola.

A polícia afirma que apreendeu armas (fuzis, pistolas, granadas), drogas e cerca de 35 mil reais.

A página no Facebook OTT (Onde Tem Tiroteios), que informa em tempo real sobre os disparos cotidianos que acontecem no Rio, alertou os usuários sobre o tiroteio no complexo de favelas pouco depois do meio-dia.

A operação ocorre poucos dias depois da divulgação de dados oficiais sobre um número recorde de mortos (434) pela Polícia em operações durante o primeiro trimestre de 2019.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.