Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O presidente do Parlamento venezuelano, Henry Ramos Allup, em Caracas, no dia 17 de março de 2016

(afp_tickers)

A oposição venezuelana recolheu cerca de 600.000 firmas para aprovação de um referendo revogatório contra o presidente Nicolás Maduro, um número três vezes maior do que o requerido pelo CNE, a autoridade eleitoral do país, informou o vice-presidente do Parlamento, Enrique Márquez.

"São cifras extraordinárias. Falam de mais de 600.000 assinaturas apenas na quarta-feira, é um número muito alto, levando em conta que o CNE pede um pouco menos de 200.000", afirmou.

O recolhimento das assinaturas começou na quarta-feira, um dia depois que o Conselho Eleitoral da Venezuela autorizou a oposição a coletar assinaturas em um prazo de 30 dias para tentar realizar um referendo revogatório do mandato do presidente de Maduro.

AFP