Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Membros da oposição venezuelana participam de protesto contra o presidente Nicolás Maduro, em Caracas, no dia 16 de setembro de 2016

(afp_tickers)

A oposição venezuelana pediu nesta quarta-feira ao papa Francisco que faça a mediação a favor de um diálogo com o governo do presidente Nicolás Maduro para buscar saídas para a grave crise econômica e política.

"Acudimos a vossa respeitada autoridade moral para que seu sábio conselho nos ilumine e contribua para impulsionar as conversações entre o governo nacional e a alternativa democrática", assinala uma carta entregue ao núncio apostólico de Caracas, Aldo Giordano.

A coalizão opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD) recordou que, em uma carta enviada em 12 de agosto, o Vaticano se mostrou disposto a facilitar a aproximação, desde que as duas partes o solicitem.

Na sexta, o porta-voz da presidência, Jorge Rodríguez, declarou que o governo também enviou um pedido ao núncio apostólico para que o Vaticano participe em um diálogo com a oposição, a quem Maduro acusa de induzir a crise econômica com a ajuda dos Estados Unidos para derrubá-lo.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP