Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(2012) Udaltsov participa de entrevista coletiva em Moscou

(afp_tickers)

O opositor russo de extrema esquerda Serguei Udaltsov deixou a prisão nesta terça-feira, depois de cumprir uma pena de quatro anos e meio de prisão por ter organizado "grandes distúrbios" durante as manifestações contra Vladimir Putin em 2011 e 2012.

"Serguei Udaltsov foi liberado há meia hora. Saúda a todos e agradece o apoio", escreveu no Facebook sua esposa Anastasia Udaltsova.

A libertação de Udaltsov estava prevista para quarta-feira, mas foi antecipada em um dia.

O principal líder da oposição russo, Alexei Navalny, comemorou no Twitter a libertação de Udaltsov.

Serguei Udaltsov e Leonid Razvozjaev foram condenados em julho de 2014 pela organização de "grandes distúrbios" em 6 de maio de 2012, véspera da posse de Vladimir Putin para seu terceiro mandato presidencial.

Udaltsov, que dirige a Frente de Esquerda da Rússia, foi um dos líderes da oposição durante as manifestações contra a reeleição de Putin.

AFP