Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Manifestação opositora em Lomé

(afp_tickers)

Milhares de partidários da oposição se manifestaram nesta quarta-feira em Lomé e outras dez cidades do Togo para exigir uma reforma política.

A Anistia Internacional (AI) calcula que cerca de 100.000 pessoas participaram no protesto na capital contra o regime do presidente Faure Gnassingbé.

O opositor Jean-Pierre Fabre foi aclamado pela multidão na localidade de Be Gakpoto, epicentro dos protestos que deixaram centenas de mortos depois da eleição de Gnassingbé em 2005, ano em que sucedeu seu pai, que exerceu o poder por quatro décadas.

A oposição exige reformas constitucionais, como limitação do mandato presidencial e eleições em dois turnos, prometidas pelo regime, que consideram ditatorial.

O governo tentou acalmar os ânimos prometendo uma reforma constitucional, e o anteprojeto de lei deve ser ainda aprovado pelo Parlamento, em outubro.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP