Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A presidente do Comitê Nobel norueguês, Berit Reiss-Andersen, anuncia em Oslo o vencedor do prêmio da Paz de 2017

(afp_tickers)

Seguem abaixo os 10 últimos premiados com o Nobel da Paz, concedido nesta sexta-feira à Campanha Internacional para Abolir as Armas Nucleares (Ican).

- 2017: Campanha Internacional para Abolir as Armas Nucleares (Ican) por seus esforços para acabar com este tipo de armamento.

- 2016: Juan Manuel Santos por seus esforços para acabar com meio século de guerra interna na Colômbia.

- 2015: Quarteto para o diálogo nacional tunisiano, composto por atores da sociedade civil, por salvar a transição democrática na Tunísia.

- 2014: A paquistanesa Malala Yousafzai e o indiano Kailash Satyarthi por seu combate à opressão contra crianças e jovens e a defesa da educação para todos os menores.

- 2013: Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) por seus esforços visando livrar o planeta das armas de destruição em massa.

- 2012: União Europeia (UE) pelo projeto que contribuiu para pacificar um continente devastado por duas guerras mundiais.

- 2011: As liberianas Ellen Johnson Sirleaf e Leymah Gbowee, e a iemenita Tawakkol Karman por sua luta pela segurança das mulheres e por seu direito de participar do processo de paz.

- 2010: O dissidente chinês preso Liu Xiaobo por seus esforços persistentes e pacíficos em favor dos direitos humanos na China.

- 2009: O presidente americano Barack Obama por seus esforços extraordinários para reforçar a diplomacia internacional e a cooperação entre os povos.

- 2008: O finlandês Martti Ahtisaari por suas numerosas mediações de paz ao redor do mundo.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP