Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Foto tirada em 24 de junho de 2017 mostra canhão atirando no Palácio Nayef na Cidade do Kuwait sinalizando o fim do mês do Ramadã

(afp_tickers)

Os países do Golfo celebrarão a festa do Eid al-Fitr, que marca o fim do Ramadã muçulmano, neste domingo à noite, informaram fontes religiosas.

As autoridades religiosas da Arábia Saudita avistaram a lua nova, o que significa que podem dar como terminado o tradicional mês do jejum sagrado, o rito mais importante da religião muçulmana.

As agências de notícia dos Emirados Árabes Unidos e do Kuwait também anunciaram que celebrarão na segunda-feira o Eid al-Fitr, que normalmente será celebrado também no resto da região.

Durante o Ramadã, os muçulmanos praticamente não bebem ou ingerem qualquer tipo de alimento, e tampouco mantêm relações sexuais do amanhecer ao pôr do sol.

A tradição indica que o Alcorão foi revelado ao profeta Maomé durante este mês.

AFP