AFP

(FILES) This file photo taken on February 8, 2017 shows (Arquivo) Foto tirada em 8 de fevereiro de 2017 mostra o presidente americano, Donald Trump, em Washington DC

(afp_tickers)

Os palestinos levam "a sério" a vontade do presidente americano, Donald Trump, de ajudar a encontrar uma solução para o conflito com Israel - declarou o ministro de Assuntos Exteriores da Autoridade Palestina, Riyad al-Malki, nesta quinta-feira (18).

Trump é esperado na Cisjordânia na semana que vem.

Al-Malki deu essas declarações em Mascate, onde acompanhava o presidente Mahmud Abbas, em uma viagem regional antes da cúpula entre americanos, árabes e muçulmanos, no domingo, em Riad, com a participação de Trump.

"O presidente ressaltou a importância de solucionar a questão palestina", depois de seu encontro no início de maio em Washington, declarou o ministro.

"O presidente americano lhe garantiu que (poderá) encontrar uma solução no prazo de um ano", acrescentou.

Ele disse ainda que haverá uma recepção oficial para Trump. O presidente americano é esperado na terça-feira em Belém, na Cisjordânia, para "uma visita oficial de algumas horas". Esta será sua primeira viagem ao exterior desde sua posse, em 20 de janeiro.

Na visita, que começa no sábado na Arábia Saudita, ele passará por Israel e pela Cisjordânia, indo também ao Vaticano.

Em encontro com Abbas em 3 de maio passado em Washington, Trump disse estar convencido da possibilidade de alcançar um acordo de paz entre israelenses e palestinos.

AFP

 AFP