AFP

Moradora de rua lava sua roupa próximo ao Vaticano, que anunciou a abertura de uma lavanderia de graça para pessoas pobres e sem-teto

(afp_tickers)

A chamada "Lavanderia do papa Francisco" abriu as portas nesta segunda-feira em Roma para que indigentes e pessoas sem teto possam lavar e passar suas roupas e mantas, anunciou o Vaticano.

A lavanderia, administrada por voluntários, encontra-se em uma das sedes da organização católica Comunidade de Sant'Egídio, no bairro de Trastevere, em Roma.

Com esta contribuição, o papa apoia pessoalmente ações da comunidade católica, que há anos ajuda os pobres da capital italiana.

A lavanderia contará com seis máquinas de lavar e de secar de "última geração", assim como com ferros de passar, doados por uma marca de eletrodomésticos.

Trata-se de um novo serviço para os pobres da capital, ao lado do serviço de chuveiros, cabeleireiro, vestuário, centro médico e um ponto de distribuição de artigos de primeira necessidade, que o papa argentino apoia pessoalmente como gesto de caridade.

Este novo serviço ajuda a "dar dignidade a tantas personas que são nossos irmãos e irmãs", explicou a Esmolaria Apostólica.

AFP

 AFP