Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Papa Francisco

(afp_tickers)

O Papa Francisco afirmou nesta quarta-feira estar angustiado, depois da série de atentados recentes no mundo, incluindo o desta terça-feira em Nova York, no qual morreram oito pessoas, cinco delas argentinas.

"Estou angustiado com os ataques terroristas destes últimos dias na Somália, no Afeganistão e pelo de ontem, em Nova York", afirmou o Papa ante os fiéis durante a oração do Ângelus.

"Deploro estes atos de violência e rezo pelos falecidos, pelos feridos e por sua famílias", acrescentou Jorge Bergoglio.

Também pediu a Deus que "converta o coração dos terroristas e liberte o mundo do ódio e da loucura assassina que abusa do do nome de Deus para disseminar a morte".

Oito pessoas morreram na terça-feira depois de um homem jogar sua caminhonete contra ciclistas e pedestres em Nova York, em "um ato de terrorismo" em Manhattan, de acordo com o prefeito Bill de Blasio. Outras 11 pessoas ficaram gravemente feridas.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP