Navigation

Papa pede paz no Oriente Médio e na Ucrânia

O papa Francisco pediu atenção especial para as crianças que perdem a esperança de uma vida digna e de um futuro. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 27. julho 2014 - 14:29
(AFP)

O papa Francisco pediu paz neste domingo às partes em conflito no Oriente Médio e na Ucrânia para evitar que mais crianças sejam mortas, feridas ou fiquem órfãs.

"Parem, por favor, peço com todo o coração, é hora de parar", declarou o pontífice argentino na Praça de São Pedro do Vaticano, após a tradicional oração do Ângelus dos domingos.

"Penso, principalmente, nas crianças que têm arrebatada a esperança de uma vida digna, de um futuro: crianças mortas, crianças feridas, crianças mutiladas, crianças órfãs, crianças que têm como brinquedos resíduos bélicos, crianças que não sabem sorrir", afirmou.

O Papa afirmou que "tudo se perde com a guerra e nada se perde com a paz" e também pediu sabedoria às partes em conflito para alcançar a paz.

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?